O DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) é que um relatório contábil fundamental para identificar o lucro líquido de uma empresa, ou seja, para você saber se seu negócio foi lucrativo ou deu prejuízo em um determinado período. 

Fazendo um bom controle da DRE você consegue ter uma visão clara sobre as finanças da sua empresa e, assim, tomar decisões mais estratégicas.


Você pode acompanhar o DRE por regime de competência, os valores podem ser contabilizados na data que o evento aconteceu, ou seja, na data do documento, sem considerar se o mesmo foi pago ou recebido, também chamado de fato gerador.


Por isso é importante acompanha-lo junto a seu fluxo de caixa, para ter uma análise da saúde econômico-financeira do seu negócio por duas perspectivas diferentes: o regime de caixa e de competência.


Por exemplo: você vendeu um plano mensal de R$ 150,00 no dia 28 de setembro (sexta-feira) e o aluno realizou o pagamento na segunda, dia 01 de outubro (segunda-feira). 

Neste caso os R$ 150,00 referentes ao plano mensal do aluno entrariam no Demonstrativo de Resultados de Setembro, mesmo que o aluno tenha efetuado o pagamento em outubro, pois aquela conta compete ao mês em que ela realmente aconteceu, independente da data do pagamento.


Temos um vídeo explicativo sobre Fluxo de Caixa e DRE: 



Veja também: Como eu vejo minha DRE no sistema?


Palavras-chave: DRE; demonstrativo de resultado do exercício; gestão de competência.